La Paz, Bolivia – A break from our break

La Paz

Miya – Flying into La Paz allowed us to get a fantastic aerial view of the city.  It has a unique geographical layout – dry, desert-like mountains with gorges, which was a type of terrain I have never seen before.  Bolivia was a quick 3-day trip but the altitude sickness was unforgiving.  We stayed in this cute apartment-hotel situated above a French restaurant in a residential part of town. Fresh bread was delivered to our door daily, allowing us to cook our favorite egg and cheese breakfast sandwiches.  A huge bonus to our stay at La Comedie was the free laundry!  It might sound simple, after all, laundry is pretty easy right? Wrong!  We’ve had our clothes stretched, stained, died, wrinkled and twisted.  At times they have not even been fully dry and have had that “wet dog” smell.  So to receive a perfectly ironed and folded pile of fresh smelling clothes brought us happiness.  Simple pleasures of a world trip.  Our activities were pretty light on this leg of our trip, relaxing, walking around the city, observing the Bolivian women in their typical attire and gearing up for our next stop – the mountains of Chile.

*****

Paulo – Após voltarmos de Machu Picchu e passarmos mais alguns dias no surf camp de Punta Hermosa, o plano era partir para La Paz e arrumar tudo para conhecer o Salar de Uyuni, o maior deserto de sal do mundo. Essa foi a primeira vez na viagem que o cansaço e o pinga-pinga de hotel para hotel tomou conta da gente. Decidimos então abandonar a aventura p/ o Salar e apenas relaxar uns dias na cidade. Ficamos em um hotelzinho bem legal que ao contrário da maioria dos anteriores, tinha uma cozinha completa e bem equipada. Foi um alívio poder cozinhar em casa, assistir TV e não ter muito o que fazer. Quanto a La Paz, o visual quando se chega de avião é impressionante, você sobrevoa um monte de áreas planas e de repente, uma espécie de depressão gigante aparece e ai dá p/ ver a parte baixa da cidade e as milhares de construções nos morros que conectam as duas partes. Como a altitude lá é de mais de 3.500 metros acima do nível do mar, a parte baixa é onde a população com dinheiro mora, afinal o ar é melhor. A gente também teve bastante dor de cabeça no começo por causa da altitude, mas nada que um cházinho de coca não resolvesse. Também visitamos o mercado de brujerias e não tinha nada muito diferente do que os de Cusco… O mais interessante mesmo foi observar a população local e suas roupas tipicas, que as mulheres mais velhas usam no dia-a-dia com muito orgulho. Tirando o transito completamente desorganizado e maluco (até pior que o de Lima), passar uns dias na Bolívia foi como tirar umas férias da nossas férias!

~ by The Local Way on August 5, 2010.

2 Responses to “La Paz, Bolivia – A break from our break”

  1. Oi Paulo e Mya : Gostei da história: desde a roupa lavada até o chazinho !! Beijos!!
    antonio, sandra, amanda

  2. Trânsito mais louco que o de Lima???? Meu Deus!!!! Nessa minha semana lá, fiquei sem respirar varias vezes, achando que ia bater!!!

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

 
%d bloggers like this: